O que é um arquivo PAR?

Um arquivo PAR é algo de muito inovador e útil para assegurar a integridade dos arquivos baixados dos newsgroups. Este arquivo é como um mecânico do mundo digital, capaz de reparar arquivos que foram danificados, corrompidos ou mesmo aqueles que ficaram incompletos depois de baixados. Esses arquivos são muito pequenos, mas muito poderosos. Eles são utilizados por um programa NZB como um meio de simplificar o processo de download e, mais ainda, ter certeza que ninguém precise de tempo tentando recuperar as partes perdidas de grandes arquivos.

Um arquivo PAR tem apenas um objetivo: consertar arquivos danificados. Esses arquivos são rodados através da interface do programa NZB. Simplesmente selecionamos o arquivo-alvo em questão, rodamos o PAR e, de modo impressionante quaisquer partes do arquivo-alvo são consertadas. Essas reparações podem ser do tipo que tornam um arquivo danificado num arquivo utilizável ou simples reparos que restauram alguns quadros perdidos num vídeo ou removem uma falha de um arquivo de áudio. Mesmo que isso possa parecer retroativo em sua natureza, eles podem ser utilizados proativamente e freqüentemente o são, pelos usuários mais experientes do sistema Usenet.

Freqüentemente, o upload de um arquivo PAR será feito junto com quaisquer binários oferecidos por um usuário Usenet. Isso resolve quaisquer problemas com o arquivo antes que eles se manifestem. Não é uma perda de tempo executar esses arquivos imediatamente após completar um download. O problema das partes perdidas de um arquivo também pode ser abordado proativamente ao permitir que os usuários acessem esse arquivo a partir da mensagem inicial. Para novos usuários em qualquer newsgroup, incluir esses arquivos em suas mensagens é uma boa maneira de fazer uma excelente primeira impressão nos colegas usuários.

Existem duas versões do PAR: PAR 1 e PAR 2. O PAR 2 representa uma grande melhoria sobre os arquivos originais e o PAR 2 quase não se usa mais. O sistema PAR 2 permite aos usuários baixar apenas aquelas correções que precisam. Se acontecer de um usuário baixar um arquivo especialmente grande, por exemplo, e há um erro somente num dos blocos desse arquivo, ele pode simplesmente baixar a correção adequada para aquele bloco. Esses blocos serão etiquetados digitalmente conforme a seguinte convenção:
Example.vIOOO+01.PAR2, example.vol001+03.PAR2 e assim por diante. A parte “+03” do nome do arquivo indica quantos blocos o arquivo contém. O programa utilizado para rodar o programa PAR indicará ao usuário quantos blocos eles precisam para reparar o arquivo baixado. Se ele indicar que apenas um bloco é necessário, então o primeiro arquivo será suficiente. Se quatro blocos forem necessários, então ambos os arquivos serão baixados. Deste modo, o usuário pode baixar exatamente o que precisa e nada mais que isso.

A versão mais antiga do PAR é identificável pela sua convenção de atribuição de nomes do arquivo que é: example.P01. Esses nomes de arquivo indicam a falta da função de identificação de bloco que causou a tecnologia PAR2 a praticamente eliminar a versão anterior (PAR1).

Compartilhar Esta Página

Sign up for our newsletter. 100% Private. Easy Unsubscribe

Os Melhores Provedores de Serviços da Usenet Anúncios